Hoje já é o quarto dia da CPBR e infelizmente está chegando ao fim. Mas vamos saber como foi o 3º dia de Campus party?

Nessa edição a programação tem tantas coisas legais que está praticamente impossível acompanhar tudo ao mesmo tempo.

Mas estou acompanhando tudo que consigo e produzindo uns conteúdos
bem legais para publicar aqui para vocês . Enquanto isso vamos ficar com um resumo do que aconteceu nessa quinta feira!

Governo de São Paulo e a Inovação

Nesse 3º dia de Campus Party rolou um bate papo entre a galera da Prefeitura de São Paulo e do Governo do Estado sobre as iniciativas que ambos estão realizando referente a tecnologia.

Com Felipe Maruyama, Diretor Técnico de Apoio ao Empreendedorismo Inovador da Secretária Municipal de Inovação e Tecnologia de SP e o Eduardo Azevedo, Assessor da Presidência da SABESP e Coordenador do PitchSabesp, com alguns convidados falaram sobre os programas que estão desenvolvendo como por exemplo o PitchSabesp e o PitchSampa.

Essas iniciativas estão aproximando cada vez mais os órgãos públicos das iniciativas privadas mas principalmente das pequenas empresas e das startups, que terão oportunidade de realizar os seus projetos em algum setor da cidade.

Hoje é já é o quarto dia e infelizmente está chegando ao fim, mas vamos saber como foi o 3º dia de Campus party?
Inovação aberta em Governo.

A potência das periferias, do gueto e da favela

Essa voz que se ergueu a mais de um século, hoje tem nos mostrado sua força criativa e inventiva a fim de se ressignificar. Transformando esses locais – que geralmente estão fora de cena – e os trazendo para o centro, o que se mostra como a verdadeira sacada dos creators vindos desses lugares.

Nesse painel, Jeferson Delgado (co-fundador do Favela Business, canal sobre empreendedorismo da quebrada), Valter Rege (creator, cineasta e empreendedor social com o projeto “Da Favela Para as Telas”) PH Côrtes (creator e youtuber), Samantha Cristy, Stella Yeshua, Carol Silvanno e Bea Oliveira (do Coletivo Estaremos Lá) trouxeram suas narrativas pra jogo e com isso transformam a sociedade além de provocar o mercado a se reinventar, posicionar e mudar de perspectiva quando o assunto é: propósito, grana, criatividade e mudança.

Imprensa Jovem –  Criando Agência de Notícias na Escola

A Imprensa Jovem já existe há pouco mais de 10 anos na Prefeitura de São Paulo, mas nos últimos anos a quantidade de jovens voluntários está aumentando e também de eventos em que estão participando.

Isso acontece devido a parceria que a prefeitura está buscando em conjunto com os organizadores, até mesmo para a entrada gratuita dos jovens nesses eventos.

Nessa Campus Party, por exemplo, é possível encontrar muitas crianças assistindo as palestras, nos simuladores, entrevistando os campuseiros e produzindo muito conteúdo.

Aproveito para parabenizar a prefeitura por incentivar as crianças desde cedo e apoiarem este projeto com tanto empenho.

3º dia de Campus Party com Coaching, Coaching e mais Coaching

Hoje é já é o quarto dia e infelizmente está chegando ao fim, mas vamos saber como foi o 3º dia de Campus party?
Você é Sheldon ou Whinderson?

O Palco Campus Jobs está pela primeira vez no evento e tem sido uma das principais atrações da Open Campus.

Ele está sendo organizado pelo MCI Group (empresa que organiza eventos corporativos, sendo a Campus Party um dos principais eventos do seu portfólio) e, pelo que pude ver os palestrantes são, além de seus funcionários, as empresas parceiras e ícones no desenvolvimento pessoal e profissional no país.

Além das dicas de mercado, os palestrantes tem apostado em apresentar ao público técnicas e ferramentas de coaching para o autoconhecimento.

O conteúdo apresentado por eles não é focado apenas na teoria, mas também em também diversas atividades práticas que são realizadas durante o dia.

Quer saber mais? Então vem! A CPBR é até amanhã e eles estão na parte gratuita do evento.

Saiba também o que rolou no 1º dia e 2º dia de Campus Party.

Revisado por Ana Carolina