Divulgação: Call of Duty: Black-Ops-III

Call of Duty: Black-Ops-III (FOTO: Divulgação)

Estivemos na BGS 2015, e logo na entrada, eu já parecia uma criança de boca aberta com o estande enorme da Activision destinado ao Call of Duty: Black Ops III, mas infelizmente, por motivos de força maior (filas enormes e eu estar lá a trabalho) não consegui jogar :'( (SNIFF). De maldade, passávamos na frente toda hora, de propósito, e eu era provocado a cada segundo. Para quem já estava ansioso com o lançamento, imagina agora, que passei vontade. Mas este dia está chegando: o laçamento está previsto para dia 06/11/2015.

https://youtu.be/58Pspqx0XGs

Para quem não sabe, Call of Duty: Black Ops III é um jogo  de tiro em primeira pessoa,  produzido pela empresa Treyarch e distribuído pela Activision, sendo o décimo segundo título da franquia Call of Duty e a quarta parte da história Black Ops, a qual iniciou-se em World at War.

Em 9 de abril de 2015, a Activision lançou a campanha #backinblack, revelando mais tarde em várias plataformas oficiais que um novo Black Ops estava em produção. Black Ops III foi então, formalmente, mostrado em 26 de abril do mesmo ano com data de lançamento prevista para 6 de novembro para Microsoft Windows, PlayStation 4, PlayStation 3, Xbox 360 e Xbox One. Call of Duty: Black Ops III é o segundo jogo da série (depois de Call of Duty: Advanced Warfare) que beneficia do ciclo de três anos de produção da Activision. Este ciclo permite a que cada um dos produtores da série Call of Duty (Infinity Ward, Treyarch e Sledgehammer Games) tenha três anos para produzir um jogo, em oposição aos dois anteriores que eram permitidos.  Black Ops III usa uma versão muito modificada do motor IW engine.

Campanha

Call of Duty: Black Ops III tem lugar em 2065 num ambiente distópico, quarenta anos depois de Black Ops II. A ciência e a tecnologia mudou radicalmente, tanto a paisagem, assim como, a espécie humana com protestos violentos da sociedade contra mais avanços descritos pelos cientistas como “progresso”. A tecnologia militar chegou a um ponto em que a robótica tem um papel crucial no combate, e tem havido desenvolvimento de “supersoldados” para lutar no campo de batalha. Os humanos são considerados mais máquinas do que carne e sangue. Como resultado, existe uma crescente especulação sobre o domínio dos robots. Tal como os anteriores Black Ops, o jogo segue a história de uma equipe de soldados de operações especiais, com capacidades de supersoldados. As versões PlayStation 3 e Xbox 360 não têm o modo campanha.

Zombies

O modo Zombies tem uma narrativa totalmente separada da campanha principal e tem o seu próprio progresso de XP. Já foram confirmados duas histórias Zombies em Call of Duty: Black Ops III. Uma delas foca-se num grupo de personagens: Nero, o “Mágico” (Jeff Goldblum), Jessica, “a Mulher fatal” (Heather Graham), Jack Vincent, o “Bofe de elite” (Neal McDonough) e Floyd Campbell, o “Pugilista” (Ron Perlman), que vivem na cidade fictícia de Morg City. Treyarch descreve-os como “indivíduos problemáticos” com um “longo e sórdido histórico de malfeitorias”. Os personagens são lançados para uma versão retorcida da cidade, lotada de zombies, e são guiados por uma figura misteriosa, o Shadow Man (Robert Picardo). A Treyarch refere que, a história está ligada aos anteriores modos Zombies dos jogos anteriores, particularmente “Mob of the Dead” de Call of Duty: Black Ops II.

A segunda história foca-se nas personagens orginais: Tank Dempsey (Steven Blum), Nikolai Belinski (Fred Tatasciore), Takeo Masaki (Tom Kane) e Edward Richtofen (Nolan North), e continua o enredo de “Origins” de Black Ops II.

Sétimo Geração

DIVULGAÇÃO: Marshawn Lynch

DIVULGAÇÃO: Marshawn Lynch

9 de Junho de 2015 foi confirmado que a Beenox e a Mercenary Technology estão  produzindo as versões para PlayStation 3 e Xbox 360. Estas versões não têm algumas das características incluídas nas restantes plataformas, como por exemplo, apenas permitem o máximo de duas pessoas a jogar cooperativamente o modo campanha ao invés de quatro.

Marshawn Lynch, da equipe Seattle Seahawks, fará uma breve aparição no jogo como vilão. Mark Lamia da Treyarch, explicou que, para uma das personagens o estúdio precisava de “uma figura imponente”, e percebeu que Lynch tem sido um fã muito ávido de Call of Duty através dos seus tempos de estudante e na carreira na NFL.

 

15 de Junho de 2015 foi anunciada uma parceria exclusiva entre a Sony Computer Entertainment e a Activision. Como tal, todos os pacotes de mapas dos futuros jogos Call of Duty (começando com Black Ops III), serão lançados primeiro nas plataformas PlayStation, acabando com uma parceria similar que a Microsoft tinha desde o lançamento de Call of Duty 4: Modern Warfare em 2007.