A ascensão do mercado de tecnologia da informação no cenário brasileiro já não é mais uma novidade, com reconhecimento das organizações segundo dados de até 5% maior do que nos anos anteriores o investimento destinado para essa área. Podemos ser pequenos ainda, em comparação as grandes potencias nesta área, mas tal crescimento se torna mais relevante se considerarmos a crise econômica e política em que o país se encontra.

Entrar nesse no mercado de TI em meio a tanta concorrência não é das tarefas mais fáceis, mas como em todos os segmentos de trabalho, existem uma grande diferença no “Bom Profissional” e o “Profissional Ruim”. As Certificações são excelentes oportunidades de você sair na frente em uma busca de uma oportunidade de emprego, e porquê não uma promoção se você já estiver na área.

CTRL Zeta - Post - Certificações no mercado de TI - imagem 1

As certificações estão disponíveis para diversas áreas no mercado TI, e escolher uma no meio de tantas opções pode parecer missão impossível, mas existem alguns pontos cruciais que levamos em consideração ao escolher um segmento ou tecnologia para voltar nos esforços em obter a certificação desejada como o valor do material de estudo e certificado pela instituição que normalmente não é barato.

Por falar em instituições, essas também, devem de ter muita atenção na hora de optar por uma delas. Uma opção que irá trazer segurança em sua escolha é procurar por quem credencia tais institutos, com certeza você encontrará ótimas empresas especializadas no ramo para que sua escolha seja uma certificação de sucesso.

Young attractive business people - businessteam

Young attractive business people – businessteam

Um exemplo clássico da necessidade das certificações, semana passada tivemos a Semana TR na Fatec Carapicuíba, onde profissionais atuantes no mercado de TI se apresentaram em diversas palestras e horários. E uma coisa que todos tinham em comum… A Certificação ou melhor, as Certificações. Sim, não devemos achar que só porque somos especialistas em algo que não precisamos mais estudar, nos aprimorar e manter as “antenas ligadas” a cada novidade tecnológica para não ficar literalmente para trás.

Sobre quem escreve

Posts Relacionados

Deixar uma resposta

Seu email não será publicado