Como escolher influenciadores digitais para suas campanhas?

Como muitos aqui de vocês já sabem, eu gosto muito de pesquisar e aprender mais sobre o mundo dos influenciadores digitais e inclusive já falei um pouco sobre eles aqui no Ctrl Zeta.Como muitos aqui de vocês já sabem, eu gosto muito de pesquisar e aprender mais sobre o mundo dos influenciadores digitais (inclusive já falei um pouco sobre eles aqui no Ctrl Zeta).

Estive no início do mês de Fevereiro deste ano na 11ª edição da Campus Party Brasil, a maior feira de tecnologia e empreendedorismo no mundo, onde pude estar com os melhores do país no setor.

Dias antes de ir para o evento, estava preparando a agenda de palestras que eu iria assistir. Eu sabia que queria assistir algumas sobre influenciadores, mas uma me chamou muito a atenção.

Como as marcas escolhem influenciadores digitais para as suas campanhas era o tema da palestra que seria apresentada por Ariel Alexandre, que é um grande empreendedor e um dos criadores do Videolog.

Vamos relembrar o que são influenciadores digitais…Como muitos aqui de vocês já sabem, eu gosto muito de pesquisar e aprender mais sobre o mundo dos influenciadores digitais e inclusive já falei um pouco sobre eles aqui no Ctrl Zeta.

Um influenciador digital é uma pessoa, personagem ou até grupos que se tornaram famosos em redes sociais. São responsáveis pela criação de conteúdo para a internet e acabam gerando um grande público que o seguem.

Eles são basicamente produtores de conteúdo que utilizam canais na internet para influenciar o comportamento das pessoas. São capazes até de interferir no que as pessoas compram ou deixam de comprar.

Provavelmente você já ouviu nomes como Whindersson Nunes, Pc Siqueira, Hially Barros e muitos outros, eles estão diariamente influenciando nas coisas que você faz.

O alcance destas pessoas é tão grande que as empresas estão contratando-os com mais frequência para campanhas publicitárias. Essas campanhas podem ser por televisão ou até mesmo para que essa pessoa apenas poste uma foto com o produto.

Isso pode fazer com que milhares de pessoas passem a conhecer o seu produto. Mas você já parou pra pensar como as marcas escolhem quem realmente devem contratar?

Celebryts e a escolha de influenciadores

Como muitos aqui de vocês já sabem, eu gosto muito de pesquisar e aprender mais sobre o mundo dos influenciadores digitais e inclusive já falei um pouco sobre eles aqui no Ctrl Zeta.Infelizmente hoje em dia muitas empresas ainda estão contratando influenciadores fora do seu perfil de mercado e criando campanhas que não estão dando certo, não porque a campanha é fraca, mas porque contratou o influenciador errado.

Como o próprio Ariel disse:

Não é tão simples como ir na rede social do influenciador e convidar ele para participar da sua campanha por um valor X.

Foi por isso que surgiu a Celebryts, uma startup de apenas 2 anos que possui uma plataforma que faz a integração da empresa com o melhor influenciador para o seu produto.

Como funciona a Celebryts

A ferramenta permite que a empresa faça filtros conforme seu produto e qual estilo de influenciador quer para sua campanha.

Os resultados que serão obtidos serão os influenciadores que melhor combinem com o que a empresa quer. Os resultados vão desde a quantidade de pessoas que o influenciador pode atingir até o retorno sobre o investimento que a empresa terá.

É possível realizar diversas pesquisas e filtros dentro da plataforma, isso beneficia tanto as empresas quanto os próprios influenciadores, pois evita que eles sejam contratados para campanhas de produtos que não utilizam (o que não é bom).

Com a chegada da crise e o aumento das vendas pela internet, as empresas tradicionais estão perdendo mercado e perceberam que os influenciadores digitais são a solução para o aumento nas vendas.

Hoje a Celebryts trabalha com os principais influenciadores e também com grandes empresas em diversos mercados.

Quer saber mais como funciona a plataforma? Dá uma olhada no Ariel explicando melhor…

Caio Lourenço

Estudante de Análise e Desenvolvimento de Sistemas pela Faculdade de Tecnologia de Carapicuíba