Congresso de Tecnologia e a Aprendizagem do Inglês e seus Mitos

 

O “16º Congresso de Tecnologia – Simpósio de Iniciação Científica e Tecnológica” foi um evento realizado pela Faculdade de Tecnologia de São Paulo (FATEC São Paulo) em parceria com o Centro Paula Souza e o Governo do Estado de São Paulo.  Tinha como o principal objetivo criar uma interação entre estudantes e comunidades, sejam elas profissionais acadêmicas ou de alguma forma ligada com a área de tecnologia pelo mundo.

A equipe CTRL ZETA participou do evento e nos colocamos a par de vários assuntos relacionados a tecnologia com as palestras de professores e profissionais da área.

Essa 16ª edição do Congresso contou com a apresentação de 184 palestras nas áreas de TI, Mecânica Civil, Hidráulica e Saneamento Ambiental, Materiais, Soldagem, Eletrônica Industrial, Automação e Secretariado e Turismo; Simpósio de Iniciação Científica e Tecnológica (apresentação de 175 trabalhos de graduação e pós-graduação), Exposição Tecnológica (estandes de empresas patrocinadoras) e Espaço Cultural.

 

Aprendizagem do Inglês e seus Mitos

Dentre a enorme gama de assuntos para se falar, resolvemos falar sobre a palestra da Professora Márcia Polaczek da Fatec de São Paulo que falou sobre “A aprendizagem do Inglês e seus mitos”. Inglês é algo que envolve qualquer profissão ou estudo atualmente, e saber as formas certas para se aprender esse idioma, ou qualquer outra, é essencial.

Primeiramente temos que levar em consideração o PCN (Parâmetro Curricular Nacional), que designa o que será ensinado nas salas de aula, que tem como foco de aprendizagem do inglês nas escolas é a leitura. Aprender a compreensão auditiva e a fala terá que ser algo a ser aprendido em outro ambiente, seja ele você sozinho ou em um curso, por exemplo.

Apesar de surgir muita coisa na Internet, sobre não necessitar aprender a gramática da língua que você está aprendendo, isso é algo que não se deve levar em consideração. Aprender uma nova língua não é um milagre que você vai aprender de um dia para o outro, e estudar a fundo o assunto te deixa exposto ao idioma, lhe dando uma maior facilidade na hora de aprender.

A língua é o patrimônio de um povo, e com tal carrega consigo questões sociais. Se ocorre a identificação do estudante da língua com o país em que ela é falada e com a cultura, ocorre uma motivação a mais para o aprendizado. E sem uma motivação, seja ela profissional, educacional, social ou pessoal a pessoa acaba desistindo no meio do caminho como muitos outros.

Aprenda o tipo de estudo que funciona para você e caia de cabeça no aprendizado da língua. Quando maior a sua exposição a essa nova língua, maior será seu aprendizado. Não é somente crianças pequenas que podem se tornar completamente fluentes em outro idioma, qualquer um pode, o que diferencia é a forma em que você alcança esse aprendizado.

 

Sobre quem escreve

23 anos, estudante de Sistemas para Internet na Fatec Carapicuíba e apaixonada pelo mundo da tecnologia.

Posts Relacionados