Copa do Mundo de Futebol

Não se fala em outra coisa nas ruas, nos bares e já nas redes sociais, é a Copa do Mundo de Futebol na Rússia que está chegando.

Olá leitores do Ctrl Zeta! Não se fala em outra coisa nas ruas, nos bares e já nas redes sociais, é a Copa do Mundo de Futebol na Rússia que está chegando.

Eu particularmente acho muito legal, curto bastante esse momento de 4 em 4 anos. Sempre compro o álbum de figurinhas para colecionar e trocar, mas depois eu falo disso.

O assunto de hoje tem muito a ver com metas.

Bom, infelizmente ou felizmente, esses 4 em 4 anos coincidem com as eleições para presidente no Brasil.

E aí é onde mora o perigo. Porque a população se inflama com a seleção de futebol e esquece do dia a dia, das dificuldades e das obrigações dos políticos no nosso grandioso país.

Eu digo infelizmente porque não temos cultura suficiente para votar melhor, não temos capacidade de eleger alguém que de fato não se corrompa com o sistema, e etc…

E digo felizmente, porque a seleção de futebol ameniza o sofrimento de muita gente no dia a dia. Gente que por não ter condições culturais e se apega a esse evento mundial para ter prazer em torcer pelo seu país.

Então, não acho errado torcer e se inflamar com a seleção de futebol, e não julgo ninguém que também não se inflame ou não torça.

Não se fala em outra coisa nas ruas, nos bares e já nas redes sociais, é a Copa do Mundo de Futebol na Rússia que está chegando.Mas temos que admitir que é uma oportunidade de sermos mais brasileiros, mais patriotas e mais felizes no caos em que vivemos.

Ter orgulho do Brasil em alguma coisa me remete aos tempos em que ouvia o Hino Nacional Brasileiro com a mão no peito, em silêncio ou cantando junto.

Ter orgulho de sua terra natal é maravilhoso, mas ultimamente, esse patriotismo está muito fora de moda. As pessoas não buscam mais esse sentimento.

É melhor reclamar, colocar a culpa em um ou outro e se excluir da culpa deste caos.

Então, aproveite a Copa do Mundo de Futebol e tente se alegrar de alguma forma!

Eu consigo fazer uma comparação com o álbum da copa com as metas e objetivos da vida…

Eu vou novamente colecionar as figurinhas e sabe como eu pretendo completar o álbum da Copa?

Não se fala em outra coisa nas ruas, nos bares e já nas redes sociais, é a Copa do Mundo de Futebol na Rússia que está chegando.

Devagarzinho…

Toda semana compro 5 pacotes de figurinhas.

Gosto de olhar um pouco para cada figurinha, ver se eu conheço o jogador, qual o time dele, qual país, qual a história do país…

Talvez chegando mais perto da Copa eu aumente um pouco esse ritmo.

Os últimos 20% do álbum gostaria de completar trocando. Fiz isso nas copas anteriores.

Mais do que conseguir completar o álbum, eu quero curtir o processo de completar o álbum.

Mais do que atingir minhas metas pessoais, eu quero curtir o processo de atingir minhas metas pessoais.

Mais do que atingir as metas da empresa, eu quero curtir o processo de atingir as metas da empresa.

Não dá para curtir todo o processo. Vai ter que roer osso em vários momentos. Mas dá para curtir quase todo o processo. O que não dá é não curtir quase nada.

Sabe qual é o problema de só curtir o objetivo final?

Quando você chegar lá… o “lá” muda.

Com a política é a mesma coisa, a escolha sempre será sua!

Pense Nisso!

Neco Ribeiro

Formado em Artes Cênicas, Psicologia e PNL, Palestrante, Consultor, escritor, Coach e artista performático. É professor nas áreas de motivação e vendas no centro de formação do Sindicato dos Bancários do ABC em Santo André, trabalha como Ator performático(free lancer) pela empresa Um, Dois, feijão com arroz (www.umdois.com.br ) desde 1999 fazendo recreação, escultura com balões, telegramas animados, apresentador animado, mestre de cerimônia e performance artística. É gestor de RH na L3 CRM Consultoria(www.l3.com.br). Trabalha como consultor nas áreas de RH e Comercial desde 2008. Escreveu o livro “Ser Positivo” que está em sua segunda edição. E está prestes a terminar o novo livro de nome provisório “SUPERAÇÃO o X da questão”.