Sabe aquela pessoa chata que te pede o celular emprestado pra usar porque está sem créditos?

Pois é, agora você não precisa mais emprestar e receber de volta seu aparelho todo babado e melecado. Pelo menos não, se o chip do celular da pessoa for da mesma operadora que a sua, com mesmo DDD e se as operadoras forem Claro ou Vivo.

Funciona de forma imediata como uma transação bancária.

Aprenda aqui no Ctrl Zeta e veja como é fácil:

transfira créditos

Agora Claro e Vivo permitem transferir crédito pré ou controle

Transferência de Créditos

Vivo

Para fazer a transferência é necessário que:

  • Ambos os chips sejam da Vivo e do mesmo estado;
  • Cada uma das linhas devem fazer parte dos planos pré ou controle.

Só é possível transferir créditos de recarga. Bônus e SMS não entram na jogada.

Podem ser transferidos os seguintes valores, com seus respectivos prazos de validade de uso:

  • R$ 3,00 para usar em até 3 dias;
  • R$ 6,00 para usar em até 10 dias;
  • R$ 12,00 para usar em até 30 dias.

Podem ser transferidos até R$ 12,00 por dia e até R$ 100,00 por mês.

Quem recebe os créditos paga R$ 0,10 por transferência.

O procedimento é o seguinte:

Passo 1: Quem vai ceder os créditos faz uma ligação para o número de 18 dígitos da seguinte forma:

*7000 + número que receberá os créditos com DDD sem zero + valor a ser transferido com 2 dígitos (Ex.: 03, 06, 12)

Por exemplo, se você quiser transferir R$ 3,00 para um chip de São Paulo cujo número é 95555-5555, você vai digitar:

*70001195555555503

Passo 2: Aguarde na linha até ouvir uma mensagem, confirmando que a operação foi concluída.

Passo 3: Encerre a ligação.

Passo 4: Ambas as linhas envolvidas na transação receberão um SMS com a confirmação da mesma.

Pronto! O dono do chip sem crédito já pode sorrir, ser feliz de novo e encher a paciência de outro!

transfira créditos

Em breve serviço estará disponível para demais operadoras

Claro

Para você poder transferir, é preciso:

  • Fazer o cadastro para transferir créditos pelo 1052 ou SMS para *543;
  • Ambos os chips devem ser da Claro e com mesmo DDD;
  • Cada uma das linhas devem fazer parte dos planos pré ou controle.

Só é possível transferir créditos de recarga válidos. Bônus e SMS não são transferíveis.

A Claro também dá opção de 3 valores com prazos de validade e delimita a área de abrangência:

  • R$ 8,00 para usar em até 10 dias em todo Brasil, exceto DF, GO, MS, TO, AC, RO, RJ e ES;
  • R$ 10,00 para usar em até 10 dias em DF, GO, MS, TO, AC, RO, RJ e ES;
  • R$ 13,00 para usar em até 30 dias, válidos para todo o Brasil.

Quem recebe os créditos paga R$ 0,10 por transferência, ou seja, quem é o chato da história que pague pela transação.

Para transferir, quem for ceder os créditos deve:

Passo 1: Enviar um SMS para *543 com a palavra “CLARO”;

Passo 2: Após receber a resposta, deve respondê-la com o número que receberá os créditos com DDD sem o zero.

Por exemplo: 1195555-5555

Passo 3: Você receberá uma mensagem perguntando sobre o valor a transferir. Digite só os números, sem “R$”, por exemplo, “8”, “10” ou “30”.

Passo 4: Os dois chips receberão um SMS confirmando que a operação foi realizada com sucesso.

Daí, quem recebeu a doação de créditos, fica devendo a quem doou e paga quando puder. Se for chato, pendura.

Sobre quem escreve

Colunista

39 anos, Engenheiro Mecatrônico, Uber Partner e estudante de Análise e Desenvolvimento de Sistemas na Fatec São Paulo. Curto esportes, games, internet, animais e meus amigos.

Posts Relacionados