Assassin's Creed Unity

Assassin’s Creed Unity (Foto: DIVULGAÇÃO)

Junto com Mortal Kombat, Assassin’s Creed Unity foi um dos jogos que as pessoas mais queriam testar na BGS. E agora o Ctrl Zeta teve a oportunidade de jogar o mais novo game da franquia, que sai mês que vem para as novas gerações. O tempo para testar o jogo era de 5 minutos (muito pouco), o jogo tem uma história voltada à revolução francesa.

Em comparação aos outros jogos da franquia, houve algumas mudanças como, por exemplo, no modo de escalar as paredes, agora é necessário apertar o botão de pulo para que Arno Dorian (protagonista do game) comece a escalar e o resto  fica por conta do personagem. Algumas vezes a câmera se mostrava um pouco lenta, e executar o comando de descer, ficaram um pouco difícil de se fazer.

assassins-creed-unity-coop-gameplay-imgNa demo, deveríamos invadir a Catedral de Notre Dame, e assassinar um templário que era protegido por vários seguranças. Do lado de fora da catedral, havia uma manifestação.

Os assassinatos opcionais podiam ser feitos do lado de fora, e ao atacar alvos chaves a invasão à Catedral, podia ficar mais simples. Essa mesma invasão podia ser feita de varias maneiras: Entrar por uma janela, ou até mesmo pela porta da frente ou destrancando uma porta na parte de cima. A assassinar os alvos flashbacks de alguns pontos da vida de Arno poderiam ser vistos, revelando envolvimentos com os alvos assassinados.

Vamos falar de gráficos, os cenários livre dão ao Assassin’s Creed uma beleza que é muito difícil de se encontrar em jogos, então, se tratando de gráficos o jogo não vai decepcionar quem comprar.

Enquanto mês que vêm não chega, confira uma gameplay do jogo que saiu recentemente:

Sobre quem escreve

Colunista

21, estudante de Sistemas para Internet. Viciada em videogame, tecnologia e Internet.

Posts Relacionados