Foi durante uma sexta-feira a noite que eu conheci o site. Era fim de semestre na faculdade e em mais uma aula de Dispositivos Móveis. Foi quando o Vitor Delfino, um grande amigo meu, fez um comentário durante a aula sobre um site chamado Hipsters Ponto Tech e sobre os podcasts que eles estão realizando.

O professor então colocou para escutarmos o primeiro podcast realizado por eles, no qual falavam sobre as novas tecnologias usadas no Nubank e tinha como convidados o Edward Wible (CTO e cofundador do Nubank) e o Lucas Cavalcanti (Desenvolvedor no Nubank).

Achei muito interessante o podcast e a forma como eram conduzidos os assuntos.

Como o final de semana foi muito corrido, na segunda-feira de manhã abri o site e comecei a ouvir enquanto trabalhava.  Gostei tanto que levei 2 dias para chegar nos podcasts atuais.

Muitos vão falar que, se eu gostei tanto assim, deveria ter acabado em 1 dia e blá blá, mas eu também tinha que trabalhar, comer e estudar.

Hipsters: O Podcast de Tecnologia e outras modinhasVamos então ao assunto principal, vou falar um pouco para vocês sobre os modinhas mais divertidas do mundo da tecnologia no momento.

Um pouco de como são os podcasts do Hipsters Ponto Tech, sobre o pessoal da Caelum e da Alura que sempre traz diversas discussões animadas.

O host responsável por trazer novos episódios semanais e também animar a galera é o Paulo Silveira, que é Bacharel e Mestre em Ciência da Computação pela Universidade de São Paulo (USP). Além de ser podcaster no Hipsters Ponto Tech e também no NerdTech, ele coordena os cursos da Caelum nos cursos de Verão da USP,  é um dos fundadores do GUJ e também editor na Casa do Código.

Toda terça-feira, Paulo Silveira é o hipster que vem animando muita gente. Sempre trazendo novos e velhos conteúdos para a galera em acirradas discussões com diversos convidados especiais.

Hipsters? O que é isso?

Segundo o dicionário “Hipster é o jovem moderno que cuida bem da aparência, frequenta academia, tem os músculos trabalhados, veste as últimas tendências da moda, usa penteados originais, brincos e adora tatuagens”.

No nosso caso, hipster é tudo isso e mais um pouco. O pessoal que participa dos podcasts é uma galera que sempre busca se atualizar, seja em busca de novos conhecimentos ou para aprimorar aquilo que já sabem.

Para quem achava que “o cara da TI” precisa sempre estar com aquela roupa social quente e mal humorado o dia inteiro só porque o cliente chato quer fazer mudanças no meio do projeto, você está enganado.

Além de sempre pesquisar por novas tecnologias e viver desenvolvendo sistemas diferentes, nós também somos sociais, gostamos de nos divertir, de beber, de jogar aquele futebol com os amigos.

Mas, é claro que somos hipsters do nosso modo, somos nós quem criamos as nossas próprias modinhas.

 

O trabalho é feito por toda essa galera aqui…

Não posso continuar falando sobre os podcasts, sem antes mencionar a equipe que atua ao lado do host Paulo Silveira e também a galera que deu início a todo esse projeto.

E quem está lado a lado com ele em praticamente todos os podcasts é o Maurício Linhares que atualmente é Engenheiro de Software na Digital Ocean na Filadélfia nos Estados Unidos.

O responsável pelo social media é o Gabriel Ferreira.

Tem o Raphael Lacerda que foi quem deu o ponta pé inicial do projeto.

No desenvolimento e no trabalho do wordpress quem está responsável é o Yuri Padilha, que também é instrutor na Caelum.

Já o Fabio Gushiken é o cara que está mandando muito no logo e nas imagens.

Tem também a galera da RadioFobia que estão fazendo as edições de conteúdo dos podcasts.

Além disso, tem a música de abertura que quem criou foram os professores do MusicDot.Hipsters: O Podcast de Tecnologia e outras modinhas

E os podcasts, como funcionam?

Com muita animação e com muitos convidados importantes no mundo da tecnologia, os assuntos são específicos para cada convidado que está participando.  São eles os responsáveis por tirarem as dúvidas sobre os mais diversos temas, desde desenvolvimento em multiplataformas até sobre como o pessoal tá se virando com as startups .

O participantes além de discutirem sobre os temas, dão dicas sobre as tecnologias que estão sendo desenvolvidas no momento. E contam ainda, quais serão as próximas novidades do mercado de trabalho e as modinhas que estão por vir.

Como muitos dos convidados moram longe ou não possuem tempo suficiente para se encontrarem com o nosso host Paulo Silveira para as gravações dos podcasts, tudo é feito remotamente por chamadas de vídeo ou até mesmo por chamadas de áudio.

Os convidados não estão participando à toa. Muitos estão trabalhando nos Estados Unidos e alguns estão lá onde é o sonho de muitos desenvolvedores, o Vale do Silício.

Como é o caso da equipe do Banco do Brasil que participou do podcast #18 e falou sobre as inovações que estão desenvolvendo lá fora para trazer para o Brasil.

Tem também o Vitor Pamplona Co-CEO da EyeNetra, empresa que faz teste de visão com o celular e informa ao paciente o grau que ele deverá usar. Ele, que atualmente mora lá em Boston e foi para estudar no MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) participou do podcast Startups, Olhos e MIT, onde ele explica como o seu projeto acadêmico acabou virando uma startup de medicina dentro do MIT.

Também tem uma boa galera que continua aqui no Brasil mostrando muito serviço e que sempre estão presentes nos podcasts do Hipsters Ponto Tech.  Seja para falar sobre programação, design UX, startups, acessibilidade e como eles dizem, sobre as últimas modinhas em tecnologia.

Aquilo que você ainda não sabe, você pode aprender aqui!

Para quem tem alguma dúvida ou quer novas ideias para projetos pessoais, recomendo ouvir os podcasts. Além de dar muita risada, você também vai aumentar e muito seu nível de conhecimento.

Todos os podcasts possuem conteúdos interessantes e todos os convidados possuem muita experiência sobre o tema que está sendo tratado.

Se você tem alguma dúvida sobre programação, design ou qualquer outro assunto, você vai gostar de ouvir os podcasts. 

Pode ser que você não se identifique com algum, mas vai achar aquele que um dia pode te ajudar.

Eu mesmo não conhecia algumas coisas que eles falavam em alguns podcasts e resolvi pesquisar mais sobre o tema. Já aconteceu de eu estar em dificuldade em algum projeto e só de ouvir eles discutirem descobri como solucionar o problema.

Não se esqueçam, compartilhar aprendizados e experiências é a melhor coisa que existe no mundo da tecnologia.

Aquilo que você sabe, mas tem dificuldade, outras pessoas podem te ajudar, assim como você pode ensinar muitas pessoas também!

About The Author

Estudante de Análise e Desenvolvimento de Sistemas pela Faculdade de Tecnologia de Carapicuíba

Related Posts