hyperloop

Hyperloop Transportation Technologies (Foto: DIVULGAÇÃO)

Andres de Leon, chefe de execução da HTT  Hyperloop Transportation Technologies – esteve na décima edição da Campus Party falando sobre mobilidade e qual será o futuro do transporte no mundo.

Em 2013, Elon Musk (CEO da Tesla Motors Inc. e da Space Exploration Technologies Corp) divulgou um documento explicando o funcionamento do Hyperloop e desafiando engenheiros a darem continuidade no projeto.

Com a divulgação do projeto Elon lançou um desafio para outras empresas e convidou as pessoas a trabalharem em conjunto para desenvolver algo para o bem da humanidade.

Com isso surgiram novas startups com interesse em dar continuidade ao projeto Hyperloop. Foi aí que surgiu a HTT no fim de 2013!

A Hyperloop Transportation Technologies utiliza Crowdfunding (financiamento coletivo) e também a plataforma JumpStartFund para a colaboração de diversas comunidades.

Isso tem permitido que atualmente cerca de 800 pessoas de 38 países trabalhem em conjunto no projeto.

Testes com protótipos já começaram a ser realizados em alguns países.

Até 2020 empresas envolvidas no projeto dizem que em algum lugar do mundo o Hyperloop estará em pleno funcionamento.

Conheça o Hyperloop

Hyperloop Transportation Technologies (Foto: independent.co.uk)

Aos poucos vem tomando forma um meio de transporte que promete ser mais rápido, seguro e acima de tudo, sustentável: o Hyperloop.

Ele é uma cápsula de vácuo que circula em tubos pneumáticos e pode atingir até 1200 km/h!

Ele irá flutuar no ar dentro destes tubos de ar de baixa pressão!

Diferente do Japão onde os trens são movidos por levitação magnética por meio de eletroímãs, o HyperLoop não terá trilhos e, inicialmente motores elétricos irão disparar as cápsulas pelos tubos de ar.

Como na Linha 4 Amarela do Metrô de São Paulo as cápsulas não terão maquinistas. Os sistemas serão completamente gerenciados por computadores, evitando assim, possíveis erros humanos.

Um sistema de transporte que vem prometendo mudar a forma como são feitas as viagens de longa distância, promete também diminuir os danos ambientais causados pelos meios de transporte atuais.

A HTT promete que cada estação do Hyperloop terá um espaço no solo com painéis solares, que serão responsáveis pela energia de cada cápsula.

Durante a palestra na Campus Party, Andres disse que os colaboradores responsáveis pelo projeto vêm estudando uma forma de acrescentar virtual windows nas cápsulas.

Virtual Windows serão janelas com realidade aumentada. Já que a cápsula é fechada, essa é a forma que a HTT encontrou para deixar a experiência da viagem mais divertida para os usuários.

Um transporte mais barato, mais rápido e mais seguro?

Preço

Segundo pessoas que estão trabalhando no gerenciamento dos sistemas, o preço de um bilhete de viagem irá custar cerca de US$ 20 até US$ 30. Muito mais barato do que viagens de ônibus e avião entre estados brasileiros.

Velocidade

Para se ter um exemplo de como o Hyperloop será um transporte muito rápido:

A distância entre São Francisco e Los Angeles é de mais ou menos 600km e tem uma duração de quase 6 horas de viagem. Com o Hyperloop o tempo desta viagem cairá para 30 minutos apenas.

Hyperloop Transportation Technologies (Foto: detechter.com )

Segurança

Andres disse que, caso aconteça algum problema com as cápsulas ou com o percurso, as cápsulas param automaticamente, retomam o ar e é acionado um plano de evacuação dos passageiros.

As pessoas não precisam se preocupar com a velocidade. Cada cápsula terá uma distância de 5km entre uma e outra, tornando eletronicamente impossível uma colisão. E, mesmo que aconteça a falha de motores, a distância entre as cápsulas é muito grande. Em caso de algum problema com uma cápsula, os freios de emergência serão acionados para pará-la.

Com isso o Hyperloop promete ser um meio de transporte mais seguro do que qualquer outro.

Conexão SP – RJ

Foi perguntado se o governo brasileiro já se interessou pelo projeto Hyperloop. Andres disse que a HTT apenas iniciou conversas com representantes brasileiros.

Segundo ele, os representantes gostaram da ideia dos testes realizados no Brasil serem uma conexão São Paulo – Rio de Janeiro.

Em média uma viagem entre estas duas cidades:

  • de carro ou ônibus – cerca de 7 horas (dependendo do local);
  • de avião – cerca de 30 a 40 minutos;
  • com o Hyperloop – cerca de 15 minutos.

Isso permitiria que pessoas que moram em um estado consigam trabalhar sem problemas em outro estado.

Segundo a BBC Mundo, a viagem mais longa do mundo de avião é entre Dubai – Cidade do Panamá, com cerca de 17 horas e 35 minutos de viagem.

Já imaginou o quão mais rápido seria essa viagem com a utilização do Hyperloop?

Você viajaria em um desses?