Um estudo feito por pesquisadores da MIT (Massachusetts Institute of Technology) nos EUA,  acreditam que é possível usar teclado de computador para identificar um usuário que esteja com a doença Mal de Parkison no estado inicial, e ajudar os médicos a pensar em estrategias para seu tratamento.

 

08042010informatica002

Confira um vídeo, e entenda melhor a pesquisa:

O Mal Parkinson é um problema difícil de ser identificado, pois ainda não existe um exame eficaz para diagnosticá-lo e os sintomas são muito sutis. Por isso é muito importante que as pessoas fiquem atenta aos detalhes, e assim prevenir qualquer problemas futuros.

Quando começaram a estudar o projeto, os pesquisadores notaram que algumas pessoas que tinham algum tipo de problema na coordenação tinham padrões de datilografia diferentes. E para poder identificar essas variações, os pesquisadores desenvolveram um software que é capaz de medir o tempo de duração de cada clique dado pelos participantes que voluntariaram-se para a pesquisa. As pessoas que tinham alguma deficiência motora pressionavam as teclas por mais tempo.

No entanto, antes do Mal de Parkinson se tornar visível, uma grande parte do cérebro pode já estar danificada.

E com a ajuda do software, um diagnostico antecipado permitiriam que os médicos planejassem uma estrategia de tratamento para atrasar seus efeitos.

E para deixar claro, é importante ressaltar que a deficiência na habilidade motora não significa necessáriamente que seja Mal de Parkinson. Outro detalhe importante é que essa pesquisa começou para os pesquisadores estudar os efeitos do cansaço.

Fonte: MIT

About The Author

Colunista

25, Formada em Sistemas para Internet. Viciada em videogame, tecnologia e Internet. GameTag: IngridSlytherin

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.