Mr Robot voltou!

Chapado como sempre, porém, agora ainda mais sinistro, o hacker Elliot Alderson voltou neste dia 13 de julho no canal americano USA Network para prosseguir com suas crises existenciais, sociais, psicológicas e barbitúricas. Você pode segui-lo no Brasil pelo canal Space.

Mr. Robot

Cuidado! “fsociety” não significa “sociedade f”

Mr Robot premiado

Mr Robot

Efeito grude total. De ficar com dó de ver o último episódio.

Para quem não viu a primeira temporada, sugiro que grave a segunda e corra atrás dos episódios perdidos para poder ver a evolução da série que ganhou o Globo de Ouro de melhor série de drama em sua estreia.

Para quem curte tecnologia, a primeira sequência do primeiro episódio já te faz grudar na poltrona e te anima a encarar uma maratona de 10 episódios sem piscar.

Transgressões, personagens ricos e intensos, além de uma narrativa inovadora e envolvente são os principais elementos desta série de Sam Esmail.

Só pra se ter uma ideia, o personagem principal é um herói moderno com tantos traumas psicológicos que deixaria qualquer Bruce Wayne tilintando de alegria.

Elliot Alderson (Rami Malek – Uma noite no museu 2 e 3) é um hacker que detona seus inimigos por meio do uso de seus segredos capturados pela internet.

Mr Robot

Chapação pura

Muitos outros atrativos além do troféu

Mas, tanta habilidade traz também uma figura transtornada que é um poço de contradição ambulante. Seu passado desconhecido parece ter construído um ser que faz uso de drogas para “evitar o uso de drogas”, antisocial extremo que busca a libertação da sociedade da influência dos fortes sobre os mais fracos e por aí vai.

A narrativa é para mim o principal atrativo pois, você literalmente entra na mente do protagonista e sente sua viagem, que é praticamente uma constante nos episódios.

mr robot

Indústrias Maléficas – qualquer semelhança é pura coincidência

Os demais personagens também chamam a atenção.

As indústrias “Evil Corp”, traduzindo, “Indústrias Maléficas”, têm um presidente cuja simples feição te dá vontade de  se virar e correr até a igreja mais próxima para evitar que ele entre. Porém, a esposa do figura, dá medo nele próprio.

 

mr robot

Cruz em credo num chefe desse!

Enfim, quem gosta de conspiração, chapação e tecnologia, com toques de drogas, maldade pura,  revoluções, bissexualismo, antisocialismo e originalidade de narrativa, está perdendo tempo.

Eu já comprei minhas camisetas.

 

Sobre quem escreve

Colunista

39 anos, Engenheiro Mecatrônico, Uber Partner e estudante de Análise e Desenvolvimento de Sistemas na Fatec São Paulo. Curto esportes, games, internet, animais e meus amigos.

Posts Relacionados

Deixar uma resposta

Seu email não será publicado