O mundo precisa de universidades! Mas não as que nós temos…

Com o futuro da educação sendo tratado como um dos principais temas da Campus Party Brasil 2018, o professor Adriano Canabarro abordou sobre as universidades que temos no Brasil e porque elas não estão mais preparadas para o ensino.

Adriano é professor da Universidade de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, e chegou na Campus Party com uma caravana composta por alunos, professores e moradores vindos do sul.Com o futuro da educação sendo tratado como um dos principais temas da Campus Party Brasil 2018, o professor Adriano Canabarro abortou as universidades que temos no Brasil e porque elas não estão mais preparadas para o ensino.

Doutorado pelo Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação na Universidade Federal do RS, ele tem mais de 30 anos de experiência com a educação e possui grandes títulos e projetos em seu currículo.

Segundo o professor, hoje não só as universidades brasileiras, mas muitas instituições de ensino não estão preparadas para o mercado de trabalho.

Atualmente as universidades estão formando mais alunos do que o mercado oferece de vagas.

Os cursos que temos hoje estão em processo de extinção?

Hoje em dia é difícil falar que os cursos irão se extinguir ou aos poucos irão ter menos vagas abertas para inscrição nas universidades, mas o que sabemos é que atualmente existem muitos alunos se formando e ficando desempregados.

Cursos como Administração, Direito e Contabilidade possuem diversos profissionais que estão fora do mercado de trabalho ou, até mesmo, indo para outras áreas, para poderem trabalhar.

Inúmeras universidades estão formando alunos que estarão perdendo vagas de trabalho para as máquinas. Hoje, já é possível ver robôs trabalhando em certos setores, e esse crescimento tende a aumentar relativamente.

Esse aumento é ruim para nós?

Não! Estamos acostumados a ouvir nossos avós falando que os computadores irão roubar nosso trabalho (e isso é verdade), porém temos que permitir que isto aconteça e começar a realizar trabalhos mais inteligentes.

Se as universidades não se adaptarem, não mudarem suas grades curriculares, a forma com que testam seus alunos e se não atualizarem seus projetos acadêmicos, continuaremos formando desempregados.

Quais são as universidades de destaque?

Nem todas as universidades no mundo estão paradas no tempo, algumas em destaque já estão há algum tempo mudando os seus modelos tradicionais e se inovando com as tecnologias.

A chegada das novas tecnologias e o avanço da internet é muito importante para que isto ocorra, visto que praticamente qualquer pessoa no mundo tem um smartphone no bolso.

Com o futuro da educação sendo tratado como um dos principais temas da Campus Party Brasil 2018, o professor Adriano Canabarro abortou as universidades que temos no Brasil e porque elas não estão mais preparadas para o ensino.Universidades e organizações que vêm se destacando no mundo são poucas, como a Singularity University, Minerva, Cornell Tech, Olin College of Engineering, Massachusetts Institute of Technology (mais conhecido como MIT), Harvard e algumas outras.

Todas essas já estão trabalhando com currículo baseado em competências, no qual o aluno se especializa naquelas matérias necessárias para a formação dele.

Aqui no Brasil temos a PUC-Paraná, a única escola de destaque que vem trabalhando com metodologias ativas e está fazendo com que todos os professores se adaptem ao novo processo de ensino.

Apesar de ser uma universidade tradicional, a PUC-PR vem causando grandes mudanças no ensino, o que pode nos ajudar muito para os modelos em outras universidades brasileiras.

Se você quiser saber mais como foi a palestra do professor Adriano Canabarro, você pode assistir pelo Facebook dele.

Caio Lourenço

Estudante de Análise e Desenvolvimento de Sistemas pela Faculdade de Tecnologia de Carapicuíba