Muitos de vocês já vem acompanhando minha série de textos deste mês, em que já publiquei o texto: O que é o Framework Scrum e também o sobre o Time Scrum. Então hoje vim falar um pouco sobre os eventos que acontecem neste maravilhoso framework.

Sendo assim, os eventos são usados no Scrum para criar uma regularidade e minimizar a quantidade de reuniões, quase sempre, desnecessárias que acontecem em outros frameworks ou metodologias de desenvolvimento que existem por ai, todas elas possuem time-boxed com uma duração máxima.

Quais são os Eventos no Scrum?

Os eventos, por exemplo, são projetados para permitir uma transparência e inspeção criteriosa, falhas de inclusão de qualquer um dos eventos resultará na redução de transparência e na perda de oportunidades para inspecionar e adaptar o trabalho que está sendo realizado.

Os eventos são:

  • Sprint: É o coração do Scrum, um time-boxed de um mês ou menos, no qual um incremento de produto potencialmente liberável é criado.
  • Planejamento da Sprint: É um time-boxed com no máximo oito horas para uma Sprint de um mês de duração, nele é realizado o planejamento do trabalho que será realizado na Sprint.
  • Reunião Diária: É um time-boxed de 15 minutos para o Time de Desenvolvimento, nela o time planeja o trabalho para as próximas 24 horas.
  • Revisão da Sprint: É realizada no final da Sprint para inspecionar o incremento e adaptar o Backlog do Produto se necessário.
  • Retrospectiva da Sprint: É uma oportunidade para o Time Scrum inspecionar a si próprio e criar um plano para melhorias a serem aplicadas na próxima Sprint.

Mas o que é Sprint?

Basicamente Sprint é o ciclo de trabalho que é realizado dentro do Scrum. Fazem parte dela a reunião de planejamento, as reuniões diárias, o trabalho de desenvolvimento do produto, a revisão e retrospectiva da sprint. Durante a Sprint:

  • Não são feitas mudanças que possam por em perigo o objetivo da Sprint;
  • As metas de qualidade não diminuem;
  • O escopo pode ser clarificado e renegociado entre o Product Owner e o Time de Desenvolvimento quanto mais for aprendido.

Cada Sprint pode ser considerada um projeto com horizonte não maior que um mês. Como os projetos, as Sprints são utilizadas para realizar algo. E cada Sprint tem uma meta do que é para ser construído, um plano previsto e flexível que então guiará a construção, o trabalho e o produto resultante do incremento.

Como muitos já vem acompanhando minha série de textos, hoje vim falar um pouco sobre os eventos que acontecem neste maravilhoso framework que é o Scrum.

Como é feito o Planejamento da Sprint?

Como muitos já vem acompanhando minha série de textos, hoje vim falar um pouco sobre os eventos que acontecem neste maravilhoso framework que é o Scrum.

O trabalho que será realizado na Sprint é planejado durante está reunião em colaboração com todo o Time Scrum. O Planejamento da Sprint responde as seguintes questões:

  • O que pode ser entregue como resultado do incremento da próxima Sprint?
  • Como o trabalho necessário para entregar o incremento será realizado?

Depois disso, o Time de Desenvolvimento sai com um plano e um objetivo do incremento que deverá ser criado durante a Sprint atual.

Como deve ser a Reunião Diária?

Como muitos já vem acompanhando minha série de textos, hoje vim falar um pouco sobre os eventos que acontecem neste maravilhoso framework que é o Scrum.

Sua estrutura é definida pelo Time de Desenvolvimento e pode ser conduzida de diferentes formas desde que foque no progresso em direção a Meta da Sprint. É comum que durante a reunião diária, por exemplo, algumas perguntas sejam respondidas por cada pessoa do time, são elas:

  • O que eu fiz ontem que ajudou o Time de Desenvolvimento a atingir a meta da Sprint?
  • O que eu farei hoje para ajudar o Time de Desenvolvimento atingir a meta da Sprint?
  • Eu vejo algum obstáculo que impeça a mim ou o Time de Desenvolvimento no atingimento da meta da Sprint?

Vale lembrar também que as reuniões diárias devem acontecer todos os dias no mesmo horário e local, e ainda terem um time-boxed de no máximo 15 minutos.

O que é feito durante a Revisão da Sprint?

A Revisão da Sprint serve para inspecionar o incremento e adaptar o Backlog do Produto se necessário e tem como resultado esperado um Backlog do Produto revisado que define os prováveis itens para a próxima Sprint. Durante a revisão deve ser feito:

  • Os participantes incluem o Time Scrum e os Stakeholders chaves convidados pelo Product Owner;
  • O Product Owner esclarece quais itens do Backlog do Produto foram “Prontos” e quais não foram “Prontos”;
  • O Time de Desenvolvimento discute o que foi bem durante a Sprint, quais problemas ocorreram dentro da Sprint, e como estes problemas foram resolvidos;
  • O Time de Desenvolvimento demonstra o trabalho que está “Pronto” e responde as questões sobre o incremento;
  • O Product Owner discute o Backlog do Produto tal como está. Ele (ou ela) projeta os prováveis alvos e datas de entrega baseado no progresso até a data (se necessário);
  • O grupo todo colabora sobre o que fazer a seguir, e é assim que a Revisão da Sprint fornece valiosas entradas para o Planejamento da Sprint subsequente;
  • Revisão de como o mercado ou o uso potencial do produto pode ter mudado e o que é a coisa mais importante a se fazer a seguir; e,
  • Revisão da linha do tempo, orçamento, potenciais capacidades, e mercado para a próxima versão esperada de funcionalidade ou de capacidade do produto.

Qual o propósito da Retrospectiva da Sprint?

A Retrospectiva da Sprint é então uma oportunidade para o Time Scrum inspecionar a si próprio e criar um plano para melhorias a serem aplicadas na próxima Sprint.

O propósito da Retrospectiva da Sprint é:

  • Inspecionar como a última Sprint foi em relação às pessoas, aos relacionamentos, aos processos e às ferramentas;
  • Identificar e ordenar os principais itens que foram bem e as potenciais melhorias; e,
  • Criar um plano para implementar melhorias no modo que o Time Scrum faz seu trabalho;

Gostou do que viu até aqui? Isso é só o começo, enquanto os próximos textos da série sobre Scrum não são publicados aproveite para ler os livros e artigos que usei como referência:

Revisado por Ana Carolina

Leave a Reply

Your email address will not be published.