Logo PHP

PHP 6 ou PHP 7 – Está confuso?

Há alguns anos andava circulando em toda comunidade PHP uma versão preliminar do lançamento do PHP 6, esta versão acabou não vingando, apesar de algumas publicações em livros e sua utilização por algumas empresas.

A fim de evitar confusões, a nova versão foi batizada de PHP 7 e está prestes a sair do forno, já está prevista para Outubro.

Quais serão as novidades do novo PHP 7?

Separamos as principais, que você confere agora:

Maior Desempenho

Meus caros leitores, primeiramente, a nova versão do nosso velho PHP  terá maior e melhor qualidade em sua performance.

Com seu motor remodelado, houve um grande ganho de desempenho, o aumento foi em torno de 10% a 25%, de acordo com os primeiros testes.

Adeus MYSQL e EREG

No PHP 7, as funções como: mysql_connect, mysql_query, ereg(), ereg_replace, dentre outras funções, deixaram de existir.

Novas Palavras Reservadas

Haverá, também, novas palavras reservadas, incluindo os nomes de dados primitivos como: int, float, bool, string, true, false e null, além de resource, object, scalar, mixed e numeric.

Esta mudança foi necessária para possibilitar a criação de classes, representando tipos escalares em uma versão futura.

Operador SPACESHIP

O operador spaceship (<=>) funcionará de forma semelhante aos operadores <, <=, ==,> e >=, caso a comparação seja idêntica ao retorno será “0”. Caso o valor à esquerda seja maior, retornará 1 e se o valor da direita for o “mais” retornará o valor -1.

Excessões

No novo PHP 7, erros fatais passaram a ser exceções, não interrompendo execução de scripts.

Parâmetros tipo Escalar

No PHP 7 será possível declarar que um parâmetro precisa ser um tipo escalar (int, float, string e bool).

Caractere Unicode

Na nova versão, também será possível fazer o escape de qualquer caractere Unicode em strings através da sintaxe

<?php

Echo “\u {1F602}; // imprime o emoji “J”

Variáveis consistentes

Foi introduzida uma sintaxe de variáveis consistente, que permitirá realizar operações sobre expressões arbitrárias, aninhadas e/ou diferentes, de forma semelhante ao que já podemos fazer em JavaScript.

Remoção de Tags

As seguintes tags alternativas para abrir e fechar código PHP foram removidas: <%, <%=, %>, <script language=”php”>, </script>.

Agrupamento de Classes

Quando utilizamos diversas classes de um mesmo namespace, agora, será possível agrupa-las ao invés de repetir o namespace para cada classe.

%% e INTDIV

Foi adicionado um novo operador (%%) e uma nova função (intdiv) que permitem a divisão de um inteiro por outro, retornando um inteiro ao invés de um float.

Desta forma, 3 %%2 (ou intdiv(3, 2)), resultaria em 1, enquanto 3 / 2 resultaria em 1.5.

Mais informações sobre as novidades do PHP 7, você podem conferir na página oficial da nova versão.

Sobre quem escreve

Carlos Eduardo, 23 anos,técnico em Gestão Empresarial, estudante de Sistemas para Internet - FATEC-Carapicuíba, gosta de se aventurar no mundo do Design e um apaixonado por cinema, jogos e poker.

Posts Relacionados

Deixar uma resposta

Seu email não será publicado