Após descobrirmos quais os Eventos que existem no Scrum, chegou a hora de descobrir quais são os Artefatos e porque eles existem.

Demorei um pouco mais do que imaginava para escrever este texto, mas finalmente chegou a hora. Aqui vou explicar um a um todos os artefatos que existem no Scrum.

Provavelmente vocês já ouviram falar deles e devem até mesmo utilizar no dia a dia. Mas dentro do Scrum eles foram criados para representar o trabalho ou valor de cada atividade que será realizada.

Mas quais são os Artefatos?

Os artefatos, por exemplo, representam o trabalho ou o valor para o fornecimento de transparência e oportunidades para inspeção e adaptação, são eles:

  • Backlog do Produto: É um lista ordenada de tudo que é conhecido ser necessário no produto.
  • Backlog da Sprint: É um conjunto de itens do Backlog do Produto selecionados para a Sprint, juntamente com o plano para entregar o incremento do produto e atingir o objetivo da Sprint.
  • Incremento: É a soma de todos os itens do Backlog do Produto completados durante a Sprint e o valor dos incrementos de todas as Sprints anteriores.

O que é Backlog do Produto?

Se trata de uma lista ordenada de tudo que é necessário ser desenvolvido no produto. Lista essa que é responsabilidade do Product Owner e a única origem dos requisitos para qualquer mudança que deverá ser feita no produto.

Sendo assim, um Backlog do Produto nunca está completo. Os primeiros desenvolvimentos estabelecem os requisitos inicialmente conhecidos e melhor entendidos. Portanto ele sempre será dinâmico, mudando constantemente para identificar o que o produto necessita para ser mais apropriado, competitivo e útil.

Após descobrirmos quais os Eventos que existem no Scrum, chegou a hora de descobrir quais são os Artefatos e por que eles existem.Após descobrirmos quais os Eventos que existem no Scrum, chegou a hora de descobrir quais são os Artefatos e por que eles existem.

O que é Backlog da Sprint?

O Backlog da Sprint é um conjunto de itens do Backlog do Produto selecionados para a Sprint, juntamente com o plano para entregar o incremento do produto e assim atingir o objetivo da Sprint.

Já o Backlog da Sprint se trata da previsão do Time de Desenvolvimento sobre qual funcionalidade estará no próximo incremento e também sobre o trabalho necessário para entregar essa funcionalidade em um incremento “Pronto” por exemplo.

Então através dele é possível tornar visível todo o trabalho que o Time de Desenvolvimento identifica como necessário para atingir o objetivo da Sprint.

Após descobrirmos quais os Eventos que existem no Scrum, chegou a hora de descobrir quais são os Artefatos e por que eles existem.

O que é Incremento?

Já o incremento representa então a soma de todos os itens do Backlog do Produto completados durante a Sprint e o valor dos incrementos de todas as Sprints anteriores.

Ao final da Sprint um novo incremento deve estar “Pronto” e isso significa então que deve estar na condição de ser utilizado e atender a definição de “Pronto” do Time Scrum.

E por fim, o incremento é uma parte principal inspecionável de trabalho pronto que suporta empirismo no final da sprint. O incremento é um passo na direção de uma visão ou de um objetivo.

Após descobrirmos quais os Eventos que existem no Scrum, chegou a hora de descobrir quais são os Artefatos e por que eles existem.

Estamos quase finalizando a série de textos sobre Scrum. Faltando apenas falar sobre as certificações existentes no mercado, mas se você não leu os outros textos vou deixar os links abaixo:

Gostou do que viu até aqui? Isso é só o começo! Então enquanto os próximos textos da série sobre Scrum não são publicados aproveite para ler os livros e artigos que usei como referência:

Revisado por Ana Carolina

Leave a Reply

Your email address will not be published.