No dia 27 de janeiro começaram as palestras da Campus Party, o maior evento tecnológico do mundo. Dentre as diversas palestras do evento, vale destacar na área de “Empreendedorismo” a palestra: “10 dicas parar tirar sua ideia do papel e criar uma startup de sucesso”, com o palestrante Felipe Matos.

Felipe Matos (Foto: DIVULGAÇÃO/Linkedin)

Felipe Matos (Foto: DIVULGAÇÃO/Linkedin)

Felipe Matos é um apaixonado por startups que fundou a Startup Farm. Além de fundador, hoje ele atua como presidente da mesma e é uma referencia em empreendedorismo digital e desenvolvimento de startups.

As 10 dicas:

1 – Ideia

Deve ser bem trabalhada. Uma ideia sem fundamentos ou que fique se modificando não é o que uma startup necessita. Trabalhe em todos os pontos positivos e negativos de sua ideia e encontre algo sem muitos ‘furos’.

2 – Validação

Comprovar a validade, a correção ou concordância com padrões etc., de dados introduzidos no sistema.

3 – Time

A equipe necessária para o bom funcionamento do negócio é super importante. Ela deve ser bem pensada, profissionalmente e pessoalmente, já que vão trabalhar muito tempo juntos em algo que, no início, pode não ter tanto retorno.

4 – Sócios

Os sócios escolhidos para fazerem parte do projeto devem ter os mesmos ideais que você. Não é um trabalho fácil no início e sem a compreensão de todos tudo pode ficar ainda difícil.

5 – Modelo

É necessário um modelo de negócios para sua startup, ou seja, colocar no papel quem é seu cliente final, quais serão exatamente suas atividades, o seu valor no mercado, a distribuição do produto ou serviço, entre outros.

6 – Métricas

Tome cuidado com as formas de medir o sucesso de sua startup. Não importa quantas curtidas você recebe nas redes sociais, quantos downloads, nem quantas visualizações sua página tem, mas sim a quantidade de usuários ativos que sua startup possui.

7 – Agilidade

Prazos são sempre importantes. A agilidade na execução de tarefas ou atualizações deve ser levada em grande consideração.

8 – Recursos

Os recursos necessários para a startup devem ser pensado e planejados. Tanto os recursos financeiros quanto os não-financeiros.

9 – Cultura

Quando uma startup começa a crescer há o risco de a mesma perder a cultura com a qual ela foi criada. Essa cultura diz respeito aos ideais e as formas com a qual a startup e os membros dela lidam com qualquer situação que ocorra.

10 – Pense grande

Não se contente com a pequenez. Pense grande!

Ao invés de pensar nas dificuldades de se dirigir uma grande empresa, uma multinacional ou atuar em um ramo diferente, dentre várias variáveis que possam existir, pense: Por que não?

Startup Farm

Startup Farm (Foto: DIVULGAÇÃO/Startup Farm)

Startup Farm (Foto: DIVULGAÇÃO/Startup Farm)

A StartupFarm é uma aceleradora criada em 2011, ou seja, ela faz a ponte entre os empreendedores e o sucesso.

Eles já foram responsáveis pela aceleração de cerca de 200 startups, um mercado que, até 2010, era praticamente inexistente no país.

Anjos do Brasil

Anjos do Brasil (Foto: DIVULGAÇÃO/Anjos do Brasil)

Anjos do Brasil (Foto: DIVULGAÇÃO/Anjos do Brasil)

O termo “Anjo” é bem conhecido no meio daqueles que estão precisando de uma ajudinha monetária para sua startup. O “Anjo” vira um sócio investidor de uma startup, ou seja, ele investe dinheiro em sua ideia e recebe se/quando seu negócio começa a dar frutos.

O Anjos do Brasil é uma organização sem fins lucrativos criada para estimular o crescimento do investimento-anjo no país. Ele é um caminho para que empreendedores mostrem seus trabalhos para possíveis investidores, apoiando o desenvolvimento de empreendedorismo de inovação.

Leave a Reply

Your email address will not be published.