Muitas pessoas não sabem o que é teste de software, e, frequentemente, o profissional de testes é visto como o famoso dedo-    -duro. Pois bem, que tal mudar um pouco esta visão?

Overview sobre testes

Teste de software: quando, onde e porque?O teste de software é o processo de avaliar um sistema ou componente(s) com a intenção de verificar se satisfazem os requisitos especificados. Em outras palavras, quando executamos um teste  buscamos identificar eventuais lacunas, erros ou falta de requisitos. Na medida em que poucos defeitos são encontrados em um determinado tempo, o software é considerado mais confiável.

De acordo com ANSI / IEEE 1059, o teste de software pode ser definido como: “Um processo de analisar um item de software para detectar as diferenças entre as condições existentes e necessários (defeitos/erros/bugs) e avaliar as características do item de software”.

Por que testar é necessário?

  • Para assegurar que as necessidades dos usuários sejam atendidas;
  • Porque é muito provável que o software possua defeitos;
  • Porque falhas podem custar caro;
  • Para avaliar a qualidade do software.

 

Conceitos básicos de teste de software

  • Artefatos de Teste: conjunto de documentação gerado pelo processo de teste de software;
  • Caso de Teste: conjunto de entradas, formado por passos de execução e um resultado esperado;
  • Roteiro de Teste: conjunto de casos de teste definidos para uma determinada especificação;
  • Requisitos: regras de negócio do sistema;
  • Testar: descobrir falhas através da execução do sistema;
  • Bug: defeito encontrado no sistema em execução.

Desastres causados por erros em softwares

  • Em 1996 um software com uma exceção não tratada foi responsável pela explosão do foguete Ariane-5.

 Teste de software: Em 1996 – Um software com uma exceção não tratada foi responsável pela explosão do foguete Ariane-5.

  • Em 2000, um erro de cálculo no sistema de radioterapia matou oito pessoas e deixou outras vinte com ferimentos graves.

  Teste de software: quando, onde e porque?

Quem testa?

Depende do processo e das partes interessadas no(s) projeto(s). Normalmente, nas indústrias de TI, as empresas têm uma equipe com responsabilidades para avaliar o software desenvolvido no contexto dos requisitos apresentados.

No meio de teste existem algumas crenças como “O testador é inimigo do desenvolvedor” ou “O programador consegue testar eficientemente o próprio código”. Isso são apenas mitos. O testador procura por falhas, pois um software nunca vai estar 100% e ao encontrá-las, estará ajudando para a melhora do software.

Quando se fala que o programador não consegue testar o sistema de forma eficiente é porque na maioria das vezes o desenvolvedor irá testar o caminho perfeito onde tudo dentro do software funciona, seria muito bom se fosse verdade, mas não é assim que as coisas acontecem e quanto antes o software é testado, menor o custo e o tempo de trabalho.

 

Mercado de Teste

Teste de software: quando, onde e porque?O mercado de testes de software está em expansão, de acordo com a notícia da TI Digital de fevereiro, na matéria “Contrata-se”, sobre o mercado de trabalho em TI:

“Uma novidade é que estão aparecendo cada vez mais vagas específicas para testador de software, o que não era tão comum há alguns anos. Isso reflete a maturidade do mercado e a preocupação cada vez maior das empresas em entregar produtos de qualidade atestada”.

Podemos até não acreditar na maturidade do mercado, pois nos deparamos com situações assustadoras em termos de qualidade. Mas muitos concordam que quando as falhas de software afetam o grande público, acabam causando um impacto direto na imagem da empresa e dos órgãos públicos.  Na mesma publicação, as médias salariais levantadas foram um pouco maiores para analistas de teste que para desenvolvedores Java.

Alguns dos pré-requisitos é conhecer lógica de programação e o básico da tecnologia web. A necessidade de conhecimento em programação é devida ao foco na automação. O  público interessado em ingressar nessa área é profissionais de teste de software e de desenvolvedores.

De acordo com o site Love Mondays, o salário médio mensal para um analista de teste de software é de R$ 3.398, variando de R$ 1.500 a R$ 6.200. Esta estimativa teve como base 21 salários postados por funcionários no site.

E, conforme o site Catho, o salário para assistente de testes tem média de R$ 1.708,33.

Para quem deseja iniciar na carreira de TI, é uma boa oportunidade, ainda mais com esse movimento de expansão.