Rolou no último sábado, (28), na FATEC Carapicuíba, a XII edição da Maratona de Programação. Inscreveram-se 25 equipes de diversos cursos da FATEC.

A Maratona

A competição aconteceu em uma única fase e levou ao extremo os nervos dos alunos.

O evento mostrou como seriam os problemas propostos na competição. Percebia-se nitidamente a tensão e a concentração em seus semblantes. Isso encheu de orgulho e provocou largos sorrisos nos rostos dos organizadores, o que gerou comentários dos participantes:

“Nossa! O professor tem coração!” ou “Nem sabia que o professor sabia rir!”

Eu já fui aluno do professor Ciro Trindade (que irá estrelar um jogo desenvolvido pela Ctrl Zeta) e, como aluno, digo: “É tenso!”. A disciplina é difícil para quem não está familiarizado com lógica, somado a isso, tem ainda o fator “DPs” (alunos com disciplinas pendentes) que tumultuam a sala.

É questão de segundos para o cérebro “bugar”, mas o professor tem um método único para reiniciar os cérebros dos alunos, o seu famoso: “Ô pessoal!!!”

Mas, na maratona não foi preciso esse método, pois a concentração dos alunos era tanta, que o professor Ciro e a professora Andreia eram apenas sorrisos diante de tamanha dedicação dos alunos.

Score Final

Os nomes das equipes, como sempre, são um evento a parte. Confira a criatividade dos alunos para nomear as equipes:

Score XII Maratona de Programação

Score XII Maratona de Programação

Neste ano, a competição surpreendeu. Foi uma emoção atrás da outra.

Nenhuma equipe queria ficar para trás e todas se prepararam muito. Como estava liberada a consulta ao material impresso, as equipes levaram tudo que puderam e deram o máximo de si.

E vou dizer: o final desta maratona foi eletrizante. Tudo indicava que a equipe JSS iria levar o tão sonhado título de campeão. Faltando 20 minutos para o final, a equipe JSS era líder isolada. Parecia tarde demais para uma virada, faltava pouco mais de 10 minutos para o fim, era quase impossível qualquer reação. Porém, a equipe NDs empatou a partida.

Lembrando que o fator que determina o campeão é quem resolver o maior número de problemas possíveis, e o critério de desempate é o tempo.

A tarefa era praticamente impossível… PRATICAMENTE.

Confesso que eu havia até recolhido os nomes dos membros da equipe JSS, mas a equipe NDs fez o impossível ser possível: faltando pouco menos de um minuto para o encerramento, eles submeteram o último arquivo sem o retorno dos juízes. Eles não sabiam se as soluções apresentadas haviam sido aceitas ou não.

O suspense pairou e os ânimos ficaram à flor da pele. O score foi mostrado por etapas e o que todos esperavam, não aconteceu.

O juiz informou que nos últimos dez minutos a partida havia sido empatada.

XII Maratona de Programação

Campeão da XII Maratona de Programação

A equipe Nds parecia feliz com o segundo lugar, mas o juiz anunciou: “E faltando menos de um minuto, a equipe NDs conseguiu enviar a solução do problema B e é a campeã do ano!”

As equipes foram à loucura, e com razão, pois o feito foi fenomenal e o título merecido.

O destaque não ficou apenas para os campeões, os ingressantes dos diversos cursos da FATEC representaram muito bem o primeiro ciclo.

Este ano foi uma experiência única acompanhar as equipes e toda a energia transmitida no ambiente durante a competição. A maratona já passou. Agora, apenas no ano que vem. Mas, você pode ver as fotos da competição aqui em nossa galeria.

Parabéns aos idealizadores e participantes do evento!

Sobre quem escreve

Colunista

Ah! Eu sou esse cara da foto ai, e falar de mim? Não curto, deixa você tirar suas próprias conclusões! Bora viver a vida!

Posts Relacionados